Segurança da informação nas empresas na era das redes sociais

Segurança da informação nas empresas na era das redes sociais

Compartilhar informações com amigos nas redes sociais pode se tornar um problema para algumas organizações, já que os funcionários costumam ter dificuldade em separar curiosidades pessoais de dados profissionais que não deveriam se tornar públicos. Embora muitas empresas ainda recorram ao questionável recurso de bloquear o acesso a alguns sites e mídias sociais, a grande profusão de dispositivos móveis praticamente neutraliza a eficiência dessa medida, facilitando a divulgação de dados sigilosos.

Essa situação traz mais um desafio para o profissional de comunicação interna: orientar o comportamento corporativo no mundo online. O consultor norte-americano em cibersegurança, Joseph Steinberg, publicou em um artigo do site Future of Business and Tech que há apenas alguns anos as empresas que desejavam evitar vazamentos de dados resolviam a situação com a implantação de sistemas digitais de bloqueio, como firewalls, mas hoje a “ameaça” vem dos próprios funcionários.

Por isso, é importante a realização de ações de difusão de atitudes seguras, com campanhas de conscientização e guias de boas práticas para redes sociais. Contudo, segundo Steinberg, esse trabalho deve ir além, envolvendo treinamentos periódicos e abordagens diferenciadas, sempre com o cuidado de não invadir a privacidade do funcionário.

Gostou deste artigo? Então, curta nossas páginas no Facebook e no LinkedIn.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *