Escolher ou não um lado em uma questão polêmica?

Escolher ou não um lado em uma questão polêmica?

Com a ebulição do cenário político das últimas semanas, acirrou-se ainda mais a polarização entre as pessoas pró e contra o governo da presidente Dilma Rousseff. Nesse momento de radicalização, as redes Habib’s e Ragazzo – que pertencem ao mesmo grupo – decidiram arriscar sua reputação escolhendo apoiar o lado que quer o impeachment de Dilma.

A decisão controversa chamou atenção da mídia, que publicou reportagens sobre o caso. Mas, será que a escolha é acertada? O Meio & Mensagem entrevistou especialistas para falar sobre questão (confira a reportagem aqui). E eles estão divididos.

Para o diretor geral da SGC Conteúdo, Sílvio Crespo, o grupo entrou em um terreno perigoso, pois pode ganhar a antipatia dos simpatizantes da presidente. Já o professor da ESPM Marcos Bedendo acredita que cada vez mais consumidores preferem que suas marcas se posicionem sobre temas polêmicos e, por isso, a estratégia pode trazer bons resultados.

E você? O que acha dessa decisão das redes Habib’s e Ragazzo? Dê sua opinião.

Gostou deste artigo? Então, curta nossa página no Facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *