CEOs devem usar mídias sociais para promover marca da empresa

A distância entre a alta liderança e os colaboradores é um fator que sempre pode atrapalhar a comunicação interna. E, infelizmente, isso ocorre muito mais do que deveria. De acordo com o artigo vencedor do International Aberje Award 2019, dos pesquisadores Myoung-Gi Chon e Bugil Chang, relatórios setoriais e pesquisas acadêmicas mostram que os públicos acreditam que a marca é mais honesta, transparente, confiável e empática quando há a abertura de diálogos diretos e pessoais nas mídias sociais de um CEO.

Alguns exemplos de executivos que construíram uma forte presença nas mídias sociais são Richard Branson, presidente e fundador do Grupo Virgin, e Yuanqing Yang, presidente e diretor-executivo do Grupo Lenovo. Porém, mesmo com todos os resultados positivos, muitos executivos ainda relutam em utilizar essa estratégia de comunicação.

As mídias sociais são canais que possibilitaram a comunicação de via dupla e, por isso, os profissionais viram nelas a oportunidade de promover engajamento com seus públicos. O segredo é o CEO utilizar uma comunicação simétrica, estando sempre aberto a entender a opinião dos outros com empatia. Assim, o público o enxergará de forma mais humanizada.

É sempre importante, porém, ponderar o compartilhamento de informações pessoais para não afetar a segurança (leia mais aqui). Ao utilizar as mídias sociais de forma correta, o CEO se aproximará de seus públicos, que, consequentemente, poderão se identificar com sua personalidade e com a marca.

Gostou deste artigo? Então, curta nossas páginas no Facebook e no LinkedIn.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *